Cantinho da Crônica
Alexandre d' Oliveira
Capa Textos Áudios E-books Livros à Venda Livro de Visitas Links
Textos
Rolo Compressor
 
Quando a gente pensa que está tudo bem e que de alguma maneira o mal passou, vem um rolo compressor, destruindo todos que estão presente na cena. E, se não formos bons no que fazemos este nos derruba. No entanto, para estar aqui é preciso estar atento para que nada possa nos trucidar.

Eu disse tudo? ... deste ainda não, né... é porque o mesmo é imprescindível. Vai e volta ele detona uma que não dar para imaginar como este se apresente. Ele por nada surta e tem daqueles que decerto aplaude.
  E, não precisa nada mais que isto explicar. Em tudo por tudo temos que lutar para ao menos dar o ar da graça.
 
Não vê o Tônico. Este então pelo menos tem pedigree. Mostra sua ID aonde chega fazendo graça e faz todos ri. Quem trabalha aqui tem que ao menos saber o que faz. Todo aquele que trabalha com arte sonha estar bem próximo das estrelas e não de um palhaço vil e asqueroso que a todos desnorteia.

Não vá na onda se nada pode oferecer. Se quer mais tem que ralar para buscar, se o negócio é mais embaixo este tem que baixar. E, por aí, neste vai e vem . Insiste, persiste a cada momento propício
 
 
 
Alexandre Souza Oliveira
Enviado por Alexandre Souza Oliveira em 03/11/2019
Comentários