Cantinho da Crônica
Alexandre d' Oliveira
CapaCapa TextosTextos ÁudiosÁudios E-booksE-books Livros à VendaLivros à Venda Livro de VisitasLivro de Visitas LinksLinks
Textos


Louco Por Você
 
 
Ela, como sempre tem sempre uma forma de se aproximar.  E, assim ronda por tudo quanto é lugar. Vai lá, vem cá, escolhe um e olha pro outro, como que para ser o próximo a levar. Tem horas que finge ser nossa amiga, e tem horas que dá tudo que tem para que nela a gente possa acreditar sem sequer ter dúvidas.
E, assim se bem entendermos, ela só quer cumprir com o seu oficio que jamais falhou, dentre ricos e pobres, miseráveis e plebeus vive a nos rodear com tantos absurdos.
A Morte faz o que pode para se aproximar e como vê não tem missão que ela não deixe de resolver. Por isto vá se acostumando amigo, já que com você em nada poderá ser diferente.
Não adianta cair em lorotas que te passam a ideia de teres que se esconder, ela vem com tudo que tem preparado.  E como disse alguém conhecido:
_ A morte parece menos terrível quando se está cansado.
Já que todo aquele que luta dia e noite quer ter um descanso em paz, para ela é bem mais prático levar que ter este a espernear.  
E pra você eu deixo apenas meu olhar 43. Aquele assim, meio de lado já saindo, indo embora louco por você. (RPM).
Alexandre Souza Oliveira
Enviado por Alexandre Souza Oliveira em 22/11/2019
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários